Casa Amarela Um, Casa Amarela Dois…

Shine
Aos meus Pais.
.

As colegas da minha filha dizem-lhe que quando crescerem e tiverem filhos, se viverem em Lisboa, os vão pôr nas minhas escolas porque tudo é colorido e alegre e bonito e as crianças parecem super felizes…

Quando a oiço dizer isto, não posso deixar de me lembrar que, foi precisamente isto, que eu sonhei muito, muito antes de ganhar coragem para criar A (primeira) Casa Amarela…

O quanto, desde miúda, sonhei e idealizei um lugar onde as crianças tivessem o direito assegurado de ser felizes e livres no seu pensamento e nos seus sonhos… Não porque me tivesse faltado este “mundo livre” mas porque, exactamente porque o tive, o pude sonhar também para os outros…

Um mundo onde tudo o que vi e vejo de errado fique lá fora… Um pouco como cada vez mais salto por cima dos canais de notícias na tv porque parece que tudo tem de estar sempre mal em todo o lado… Será que está?… Ou será que, muitas vezes, só nos focamos na “falta” e esquecemos tudo o que temos e todos os que estão aqui…? Poder dar a mão a alguém de quem gostamos e caminhar junto ao mar é um privilégio que devíamos saborear devagar antes de o tomar como garantido; ou pouco importante… Estamos talvez, a esquecer-nos de viver o “aqui e agora”…

 

IMG_2436

Nas Casas Amarelas vivemos um dia de cada vez e, se calhar, é esse o segredo das nossas “crianças felizes na escola”… Embora a mim que me cabe guiar o navio, me caiba igualmente manter sempre o olhar no futuro… No que se altera. No que os espera… Para os poder preparar melhor para essa vida que pode ser muito boa para eles… Se eles aprenderem aqui, a ser muito bons para tudo o que os rodeia…

Quando descubro e insiro o Método Singapura no nosso Projecto Educativo, por exemplo… Ou os lanço Leis de Newton adentro… Não é porque queira que sejam grandes matemáticos ou físicos (se quiserem podem ser…) mas antes porque sei que será bom para eles “amarem” e andarem de mãos dadas com essas ciências fabulosas que organizam tudo à nossa volta…
IMG_2392
E quando estudo como podemos tornar o nosso dia-a-dia mais sustentável e procuro formas de os aliciar nesse “afecto” pela Natureza… é porque tenho consciência que, mais do que nas nossas mãos, está nas mãos deles alterar este rumo de desgaste e devaneio em que se tem de ter tudo só porque sim; e exigir de volta o mundo Verde e Saudável e em Paz a que têm direito… Sem desgastes, sem devaneios, sem desperdícios… Sabem que um terço da comida produzida mundialmente é deitada fora…?
Ter uma escola, é Sonhar (com os pés bem assentes na terra) todos os dias.
.
Catarina A. Correia dos Santos
Fundadora do Projecto A Casa Amarela
Licenciada e Mestre em Psicologia Clínica (I.S.P.A.)
Licenciada em Psicologia Social e das Organizações (I.S.P.A. /Katholiek Universiteit Brabant)
Membro Efectivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses (O.P.P.)
 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s