Os Músicos de Bremen e o Artista que há em nós…

065

Ontem misturámos um bocado as coisas… Regra geral, há um dia para a música e há um dia para o desenho… E há um dia para a imaginação, para o teatro, para as estórias, para as viagens… Basicamente, há um dia para tudo aquilo que é importante e que, supostamente, dá cor aos nossos dias.

066

Ontem, no entanto, depois de termos passado tanto tempo a viajar com os músicos de Bremen e a viver com eles todas as suas aventuras, disseram-nos para voarmos livres sobre folhas brancas de papel…

072

E, quão engraçado foi ver que, embora partíssemos todos do mesmo enredo, cada um de nós viu na sua folha algo de tão absolutamente diferente…

078

Tal como quando olhamos um jardim, nos podemos focar mais nas cores, ou mais no céu, ou mais nos pássaros que enfeitam as árvores…

074

Há algo de absolutamente maravilhoso naquilo que cada ser humano é capaz, quando experimenta a liberdade das suas próprias escolhas.

159

 

Até breve.

Catarina Correia Santos

Psicóloga Clínica e Coordenadora da Equipa Psicopedagógica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s