A Casa Amarela Infantário

Um sítio perfeito para se crescer.

Colombinas, Arlequins e Pierrots…

Na obra de Dali “The Fair of the Holy Cross” Arlequim dá a mão a Colombina e não há sinais de Pierrot… Esboço atrás de esboço trabalhámos este quadro até o tornar num “espaço” sobre o qual as crianças da Casa Amarela pudessem soltar a sua fantasia e, simultaneamente, ficarem a conhecer mais uma obra deste pintor – o ano passado trabalhámos “Alice in Wonderland” e o seu relógio “derretido” a propósito da temática Alice no País das Maravilhas. 

Este ano, com o tema do Circo entre mãos, Dali leva-nos até esse teatro antigo onde Pierrot, Colombina e Arlequim se cruzam. Para quem não se recorda, Pierrot é o rapaz que cresce junto a Colombina e que a ama desde sempre, sem que ela o perceba. Já adultos vão trabalhar ambos para o avarento Pantaleão, e é lá que Colombina conhece o jovem e ágil Arlequim que a conquista.

Pierrot fica de coração partido e, é neste estado, que a maioria das obras o representa. Dali faz uma excepção em “The Fair of Holy Cross” ignorando-o e representando apenas Colombina e Arlequim. Narra, no entanto, a estória que Colombina encontra inadvertidamente uma carta de Pierrot e que o seu coração se encanta ao perceber o seu afecto por ela; regressando para ele e para um final feliz. 

Até breve.

Catarina Correia Santos

Psicóloga Clínica e Coordenadora da Equipa Psicopedagógica

No comments yet»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: